Nota Capes 6

Grupo de Estudos e Pesquisas em Saúde Mental, Cognição e Envelhecimento (PROVIVE)

O grupo de estudos e pesquisas em Saúde Mental, Cognição e Envelhecimento – ProViVe surgiu com a finalidade de unir atividades de extensão, ensino e pesquisa, e desenvolver estudos mais aplicados. A primeira etapa do ProViVe foi a criação em 2015 do Programa “Viva bem a Velhice”, registrado como um programa de extensão da Universidade Federal de São Carlos – UFSCar (processo: 23112.002253/2015-41). Este programa tinha a finalidade de desenvolver as seguintes atividades: consultoria em Psicogerontologia, treinamento e qualificação profissional, eventos científicos, e pesquisas aplicadas.


O nome foi inspirado no livro “Viva bem a velhice: aprendendo a programar sua vida” do psicólogo behaviorista B. F. Skinner e da gerontóloga M. E. Vaughan. Neste livro, Skinner, aos 80 anos, destaca a importância de olhar o processo de envelhecimento e a velhice de maneira cuidadosa.
Hoje, com mais pesquisadores, o ProViVe, grupo de estudos e pesquisas em Saúde Mental, Cognição e Envelhecimento possui três linhas de pesquisa: Linha 1 “Cognição social, Empatia e Saúde Mental”Linha 2 “Métodos de avaliação e diagnóstico dos transtornos neuropsiquiátricos” e Linha 3 “Novos tratamentos e inovação para reabilitação dos transtornos neuropsiquiátricos”.


O ProViVe é responsável pelo Curso de Especialização lato sensu em Saúde Mental e Cognição da UFSCar, pelo Ambulatório de Psicogerontologia e Psicogeriatria da Unidade de Saúde Escola, por eventos científicos e por diversos projetos de pesquisa. Para desenvolver suas atividades, o grupo conta com alunos de iniciação científica, mestrado e doutorado, estagiários, docentes e outros colaboradores.

Acesse o Site

Para acessar o site oficial do Laboratório, clique aqui.