Nota Capes 6

Laboratório de Psicologia da Aprendizagem (LPA)

O LPA foi implantado em 1974, como uma unidade de apoio operacional para o desenvolvimento dos objetivos de ensino, pesquisa e extensão dos docentes da área de Psicologia.

Equipado para a pesquisa com comportamento operante, o laboratório oferece suporte para a Linha de pesquisa Análise comportamental da cognição e para projetos sobre neurobiologia da ansiedade e da nocicepção em camundongos, com investigações sobre processos básicos de aprendizagem, controle de estímulos, controle aversivo e neurobiologia do comportamento com infra-humanos. Instalado em uma área de 150 m² (com projeto de ampliação para 240 m² a ser executado até o início de 2008), o laboratório dispõe de uma sala para atividades didáticas (aulas práticas, demonstrações, observação de vídeos), três salas para coleta de dados e uma sala para estudo, equipada com computador, utilizada pelos alunos.

Apresenta instalações apropriadas para biotérios de roedores (ratos e camundongos) e para colméia de abelhas. As salas de coleta de dados estão equipadas para pesquisas com:

  • Comportamento operante (caixas para condicionamento, microcomputadores para programação experimental, registro e armazenamento de dados); 
  • Neurobiologia da ansiedade e da dor, utilizando como modelos experimentais o labirinto em cruz elevado, campo aberto, tail-flick, caixa de step-down, caixa claro-escuro; equipamentos para neurocirurgia em ratos e camundongos (micrótomo, estereotáxico, microscópio); equipamentos para registro e análise dos dados (filmadora, televisão, vídeo-cassete e computador). 

O LPA tem tido a participação de bolsistas de graduação e pós-graduação com formação em diferentes áreas, especialmente em psicologia, biologia e fisioterapia. Os resultados das pesquisas têm sido apresentados em congressos e em publicações nacionais e internacionais da área.